Famílias usam a plataforma de permutas para deixar as contas em dia

Famílias usam a plataforma de permutas para deixar as contas em dia
Mais de 65% das famílias brasileiras estão endividadas segundo Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor
Mais da metade da população brasileira está endividada. De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), feita pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada nesta semana, 65,6% das famílias possuem dívidas em cartão de crédito, cheque especial, cheque pré-datado, crédito consignado, crédito pessoal, carnê de loja, prestação de carro e prestação da casa. Dado é referente ao mês de dezembro do ano passado.

Uma alternativa para não ficar no vermelho com tantas contas, principalmente no início do ano, quando despesas como material escolar pesam no orçamento, pessoas usam a criatividade e reinventam formas de garantir que as contas fiquem em dia sem o uso de dinheiro em espécie através de permutas. Com mais de 8 mil inscritos, a plataforma XporY.com tem a proposta de gerar oportunidade de negócios e relacionamentos, de forma que o profissional ou empresa  participante possa vender e adquirir produtos e serviços importantes para seu dia-a-dia sem comprometer seu capital de giro, tendo como suporte um moderno software.

"Com as permutas, possibilitamos a realização de negócios mesmo em momentos de economia em crise, como aconteceu nos últimos anos. Profissionais que estavam com redução de contratos continuaram ativos, fazendo negócios em permuta. Empresas que estavam com estoque parado também promoveram vendas. Empresas que vendem diárias, como hotéis, passaram a aumentar o índice de ocupação com as ofertas em permutas", exemplifica o fundador do negócio, Rafael Barbosa.

Com três filhos, um de 2 anos, outro de 4 anos e o mais velho de 5, a empresária goiana Júlia Pittelkow, proprietária de uma loja de roupas infantis e consultora de viagens, oferece suas peças e diversos pacotes de viagens na plataforma. Com um resultado de vendas inesperado,  mais de X$ 200 mil acumulado em pouco mais de um ano, a empreendedora realizou o sonho de construir a loja física de seu negócio, que antes era somente on-line. "Desde o projeto de arquitetura, ao serviço de pedreiro e marcenaria, até a compra de insumos para a construção; tudo foi contratado pela plataforma de permutas", conta.

A empresária apresentou a plataforma e propôs à diretora da escola em que os filhos estudam uma negociação  por meio de permutas multilaterais. A diretora gostou da sugestão e cadastrou a escola no serviço de permutas. Com isso, Júlia transferiu X$ 31 mil (equivalentes a 31 mil reais) para a instituição e quitou, antecipadamente, não só a matrícula, mas todas as mensalidades escolares para o ano letivo de 2019 dos seus três filhos.

Para facilitar o pagamento e atrair novos públicos, muitos serviços de colônias de férias adotam o pagamento por moedas digitais, como é o caso dos estabelecimentos deste segmento cadastrados na XporY.com. Cliente e fornecedor pela plataforma de permutas multilaterais XporY.com, o contador Rodrigo Valadão, é pai de um menino de 9 anos e de uma menina de 7 e avalia que as colônias de férias são mais do que uma programação divertida para as crianças. “Busco espaços, que além da diversão, ofereçam atividades de desenvolvimento intelectual também”, afirma o contador.

Há cerca de 5 anos, Rodrigo vem usando parte dos seus créditos em X$ (moeda digital utilizada pela XporY.com) que consegue ao oferecer seus serviços de contador na plataforma, para pagar as colônias de férias em que os filhos participam durante as férias. Segundo ele, a possibilidade de poder pagar pelo o serviço em permuta é uma conveniência. “Pagar pela colônia em X$ também é uma forma economizar em reais e não deixar de investir no desenvolvimento e entretenimento dos meus filhos”, ressaltou.

XporY.com
A startup iniciou seu ciclo de expansão pelo País com o lançamento de sua atividade no estado paulista recentemente e já conta com usuários e ofertas de diversos produtos e serviços para permutas que variam de marketing digital, estética corporal e facial, reflexologia, ítens decorativos, cosméticos entre outros. A XporY.com utiliza a moeda virtual “X$”, sendo que cada X$ 1,00 equivale a R$ 1,00; facilitando assim as trocas multilaterais. Todos os produtos e/ou serviços negociados se tornam saldo para a compra de outros dentro da plataforma de acordo com o interesse do usuário.

O cadastro na plataforma pode ser feito pelo site ou aplicativo, é gratuito e não há cobrança de mensalidade ou anuidade. Rafael Barbosa explica que só é necessário pagar uma taxa de administração de 10% do valor da transação quando for finalizada alguma compra pela na plataforma.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.