"Proibido Moda Nova" promete agradar fãs do sertanejo raíz
Projeto reunirá artistas para resgatar sucessos antigos
"Proibido moda nova" é o mais novo projeto que promete movimentar o mercado sertanejo. Comandado pelos escritórios Tonico Shows e Life  Produções, tem como objetivo fazer o resgate da história da música sertaneja por meio de grandes sucessos. Canções que foram sucesso entre os anos de 1970 e 1990 serão regravadas com novas roupagens e interpretes, agradando ao público que gosta das modas mais antigas e homenageando os ídolos deste estilo musical.
  De acordo com Deocleciano Máximo, o Tonico, idealizador da proposta, a música sertaneja dos anos 1970, 1980 e 1990 é vista com bastante saudade pelos fãs do estilo. "São músicas popularmente chamadas de "modão" e que mexem com o coração do fã da música sertaneja. São aquelas músicas que onde tocam todo mundo canta por que foram sucessos absolutos, cada uma em seu tempo", disse ao explicar por que o projeto retomou este estilo. Sobre o nome, nome, Tonico revela que surgiu de uma brincadeira que sempre acontece entre produtores, cantores e profissionaois envolvidos com o meio sertanejo. "Todos são apaixonados nas músicas antigas e quando se reúnem para festejar a música antiga é a que prevalece. Sempre tem aquele que diz que está proibido cantar moda nova", justificou.
Tonico revela ainda que o "Proibido Moda Nova" irá além de um movimento nas redes sociais. "Iremos realizar shows, com o Igor Ferraz e convidados, nos quais o repertório será formado apenas por canções que marcaram história e que estão entre os maiores sucessos da música brasileira", revelou ao explicar que ainda não está marcada a data para o primeiro evento.
 O primeiro artista a fazer as regravações das canções foi Igor Ferraz, que na próxima semana libera para o público as canções e os vídeos das regravações. Outros artistas, cujos nomes  ainda estão sendo mantidos em segredo,irão dar voz e corpo a este ousado projeto. Para conferir as primeiras músicas,  o fã da música sertaneja deve acessar, na próxima semana, as plataformas digitais do projeto e do cantor Igor Ferraz .