Premiado espetáculo 'Se Essa Lua Fosse Minha' volta aos palcos em São Paulo

O espetáculo vencedor do Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Música Original de 2019, "Se Essa Lua Fosse Minha", está de volta aos palcos, em cartaz a partir desta terça-feira, dia 03, no Teatro Viradalata, em São Paulo.

Inspirado no poema 'Ismalia', de Alphonsus de Guimaraens, "Se Essa Lua Fosse Minha" traz assuntos necessários, ao narrar a história de amor impossível entre Iago e Leila, ele, membro de uma família de colonizadores de Porto Leste, e ela dos nativos, dois povos que vivem em guerra, separados por uma linha. 

O texto é de Vitor Rocha, autor reconhecido pela revista Forbes como um dos 90 jovens de maior destaque de 2019, que inteligentemente amarra a narrativa com elementos do nosso folclore, incluindo brincadeiras e cantigas infantis. Junto do compositor, Elton Towersey, a dupla foi vencedora do Prêmio Bibi Ferreira de 2019 de Melhor Música Original.

Nessa temporada, além de uma nova casa, o espetáculo também conta com novidades no elenco. Daniel Haidar, destaque no musical 'Isso Que É Amor', com músicas de Luan Santana, assume o papel de Davi, e a cantora Aline Cunha será responsável por dar vida à Madrinha de Leila, também entram no elenco dois novos swings, sendo eles Abner Depret e Giovanna Calegaretti, entre os músicos também terá novidade, com Diego Rodda na percussão. Seguem no elenco a indicada a Melhor Atriz pelo papel no musical, Luci Salutes, Arthur Berges, Vitor Rocha, Vitor Moresco, Fernando Lourenção, Marisol Marcondes, Davi Tápias, Larissa Carneiro, Fábio Ventura e Alberto Venceslau.

'Se essa Lua Fosse Minha' está em cartaz no Teatro Viradalata, na Rua Apinajés, 1378, em Perdizes. A partir de 03 de março, todas as terças e quartas, às 21h. Ingressos na bilheteria ou pelo site da Sympla.