Hexag reinicia aulas presenciais nesta terça, dia 28, em São José dos Campos


    Ancorado em Decreto Municipal promulgado no último dia 13 de julho pela Prefeitura de São José dos Campos, que autoriza o funcionamento de escolas e atividades educacionais afins, o curso pré-vestibular Hexag, um dos mais conhecidos no Brasil pela preparação de alunos para a Faculdade de Medicina, irá reiniciar as aulas presenciais nesta terça-feira, dia 28, em sua unidade no município. Nas outras cidades onde o Hexag possui unidades - São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Campinas - devido aos protocolos específicos implementados por cada um destes municípios, as aulas ministradas continuarão sendo realizadas de forma remota.

Na unidade de São José dos Campos, as aulas serão ministradas de segunda a sexta pela manhã, em três salas distintas, e obedecerão uma escala diferenciada de horário para que os alunos não tenham entrada, intervalo ou saída em comum: na MED 1 ( das 7h10 às 12h30), na MED 2 ( das 7h20 às 12h40) e na MED 3 (das 7h30 às 12h50). Do total de 300 alunos matriculados no Hexag, apenas 60 alunos terão acesso às aulas presenciais, com 20 alunos em cada sala.

  Durante este período de reinício das aulas presenciais no Hexag, haverá um rodízio entre os alunos que assistirão às aulas in loco e os que assistirão às aulas ao vivo online - sempre respeitando-se o limite de 20% do total de alunos estipulado pelo Decreto. Todas as aulas terão duração de 100 minutos cada, com intervalos de 10 minutos. As aulas que são dadas no horário vespertino continuarão sendo remotas e ministradas ao vivo.

  De acordo com o coordenador pedagógico do Hexag, Felipe Filatte, as aulas terão início nesta terça-feira (28) com um programa revisional de oitos semanas: "devido ao adiamento dos vestibulares em todo o Brasil, alongamos o nosso calendário e vamos oferecer aos alunos uma revisão completa de todo o material disciplinar do primeiro semestre. O objetivo é alinhar todo o conteúdo da nossa grade de matérias para que o aluno se prepare com afinco para as provas do vestibular 2020."  Fillate faz questão de ressaltar que o aluno do Hexag , mesmo com a quarentena, não ficou um dia sequer sem aula, principalmente  pela estrutura tecnológica implantada em suas salas de aula estúdio 180° que permite a transmissão de cada disciplina em tempo real e ao vivo.

   “Desta forma o nosso aluno, a partir do sistema híbrido de ensino utilizado pelo Hexag de forma pioneira no País, poderá alternar os dias de aula, respeitando o rodízio, que consta no protocolo da cidade e, ao mesmo tempo, acompanhar o conteúdo ministrado direto da sala de aula”, afirma Fillate.

  Regras e Protocolo

O Hexag irá adotar todas as regras recomendadas para a abertura das atividades, que determinam a utilização de máscaras de face por alunos, professores e demais colaboradores, a disponibilização de álcool em gel 70% na entrada e saída da unidade - além de acatar com rigor o limite permitido de 20% de alunos por sala de aula. E mais: o cumprimento da distância mínima de 1,5 metros entre alunos e funcionários. Refeitórios e cantinas não funcionarão. Ainda de acordo com o decreto da Prefeitura, o Hexag irá providenciar antes do início de cada aula, a higienização completa dos ambientes utilizados como mesas, computadores, bancadas, telefones e equipamentos que são utilizados nos laboratórios.

"Iremos seguir com rigor todos os protocolos sanitários recomendados pela ciência com o objetivo de proteger os nossos alunos, professores e colaboradores e, por extensão, a população da cidade, sublinha Felipe Filatte, que acrescenta: funcionários e alunos com idade igual ou acima de 60 anos, entre outras recomendações, não terão acesso às dependências do Hexag".


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem