Zumbido No Ouvido É Sinal De Alerta

  Zumbido No Ouvido É Sinal De Alerta

Muitas vezes a causa do zumbido no ouvido tem cura, mas é preciso investigar


(Divulgação)

É uma sensação sonora que não tem relação com nenhum estímulo externo e é percebido apenas pelo paciente. Por causa disso, é chamado de percepção auditiva “fantasma” e ocorre em cerca de 28 milhões de pessoas no Brasil.

A otorrinolaringologista Milena Costa lembra que o zumbido no ouvido é um sintoma e que pode ter uma ou mais causas. “Algumas vezes, uma simples lavagem resolve o problema que pode ser causado por excesso de cera”, afirma. “Mas as causas podem ser várias, como infecções, problemas odontológicos, alterações musculares, hormonais e cardiovasculares,diabetes, excesso de cafeína, álcool, tabaco... o zumbido é um sinal de alerta de que algo não vai bem”.

A intensidade e irritação provocada pelo zumbido varia de pessoa para pessoa. “Alguns só escutam no silêncio e outros o tempo todo, mas é muito importante procurar um especialista e identificar a causa para que seja encaminhado o tratamento adequado”. Alguns podem desenvolver dificuldade para dormir e se concentrar, ansiedade, depressão e até limitação da vida social.

Covid-19

Existem relatos e alguns estudos sendo feitos sobre zumbidos em pessoas infectadas com o vírus, mas nada ainda comprovado de que o Covid-19 causaria o sintoma. “O que pode acontecer, sem dúvida, é o aumento da ansiedade e tensão durante esses tempos difíceis de pandemia e os casos de zumbido aumentarem por causa disso também”, afirma Milena Costa.

Misofonia

Misofonia (miso=aversão/ódio; fonia=sons) ou também conhecida como síndrome da sensibilidade ao som seletivo (4S) é uma condição pouco conhecida que provoca uma irritabilidade ou emoção negativa a determinados sons como por exemplo mastigação,respiração ou torneira gotejando. Os sintomas geralmente iniciam-se na adolescência e comumente apresentam outros sintomas auditivos, como zumbido, ou psicológicos, como ansiedade e depressão, associados.

Hiperacusia

A intolerabilidade a sons ambientes inespecíficos é denominada hiperacusia. Pessoas que sofrem de hiperacusia referem desconforto e até mesmo dor aos estímulos sonoros normalmente não desconfortáveis. Grande parte desses indivíduos apresentam zumbido associado.

A qualidade de vida de pessoas que sofrem dessas condições é, em geral, bastante afetada.

Segundo a otorrinolaringologista “elas evitam ambientes sociais que as incomodem, socializam menos e, muitas vezes, até se distanciam de familiares e/ou cônjuges”. Por isso, é muito importante procurar ajuda profissional.

Sobre a Dra. Milena Costa

Médica otorrinolaringologista formada pela Faculdade de Medicina de Taubaté, com residência médica em Otorrinolaringologia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e fellowship de pesquisa em Rinologia pela Stanford University, na Califórnia.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem