Consumo De Café Sobe Durante Pandemia e Rede Duckbill Cookies & Coffee Fatura R$ 20 Milhões

  Consumo De Café Sobe Durante Pandemia e Rede Duckbill Cookies & Coffee Fatura R$ 20 Milhões

Somente no mês de março do ano passado o consumo aumentou 35%, de acordo com a Abic e em julho bateu seu recorde, segundo a Cecafé


(Divulgação)

O consumo de café teve um aumento de 35% nas casas brasileiras apenas no mês de março, no mês seguinte o aumento foi de 20%, de acordo com dados do Sindicato da Indústria de Café do Estado de São Paulo (Sindicafé). Já o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), divulgou exportação recorde no mês de julho, 3 milhões de sacas, totalizando um montante com cerca de R$1,9 bilhão.

Ou seja, diferente de muitos segmentos, o mercado do café cresceu durante a pandemia. Na verdade, o gosto por um bom café só aumentou, pois, uma das características do isolamento social, além das pessoas valorizarem mais os pequenos prazeres da vida, é que em situações pandêmicas, por conta das restrições de circulação, elas tendem a ir mais vezes nos supermercados e a estocar produtos essenciais – o café, como sabemos, consta nessa lista para os brasileiros.

Contudo, muitas pessoas sentem falta dos cafés especiais que as cafeterias oferecem e aquelas que cumprem as ordens de segurança da OMS, assim como as que investem em um serviço de delivery de qualidade e no famoso “take away”, que significa retirar no local, garantiram seu espaço. Por estas razões, o faturamento neste segmento foi mais elevado comparado a outros.

Este é o caso da Duckbill Cookies & Coffees, fundada em 2016, pelo empresário Rafael Naves e iniciada no franchising em 2018. A empresa, que já fazia sucesso anteriormente, apresentou crescimento entre março e dezembro de 2020 – quando inaugurou 44 lojas em todo Brasil – somando 55 no ano e rendendo faturamento de R$ 20 milhões. O crescimento médio foi de 15% ao mês de julho a dezembro.

Alguns dos seus principais diferenciais é que na opção delivery e na retirada há o cuidado da produção do pedido ser feita na hora, seguindo o conceito “fresh baked” (assado na hora) e de forma ágil. Já as bebidas quentes ganham uma atenção dobrada. Além de embalagens com tampa, é inserido um acessório chamado “stopper”, que veda a tampa e, por consequência, mantém a temperatura da bebida por mais tempo.

O leque de possibilidades de desfrutar dos produtos da marca é extenso e sem dúvidas a opção de preparar o café DUCKBILL em casa é uma bastante atrativa.  Nesse formato (drip coffee), o cliente adiciona água quente no sachê e pode passar seu café na hora que desejar, o retraindo diretamente do copo. Mas também há a versão em cápsulas compatíveis com máquina Nespresso e a versão cappuccino.

Outro ponto forte da rede são seus maravilhosos cookies, com 100g de recheio por dentro e macio por fora. De acordo com Rafael Naves, foram testados 42 tipos de receitas até chegarem na ideal, tornando a Duckbill um “point” nas cidades com lojas abertas, pois como a produção é própria os cookies são achados somente nas lojas da rede. O melhor é que não possuem conservantes ou aromatizantes artificiais.

Quanto as lojas, se destacam pelo design e projeto único, junto com sua mascote, representado por um ornitorrinco, que encanta adultos e crianças.  O ambiente é bastante amigável, harmônico e acolhedor, por isso, é ideal desde a reuniões de negócios até encontros com entes queridos.

A perspectiva de expansão da rede é de 500 unidades inauguradas pelo Brasil e América Latina nos próximos 5 anos, e pelos resultados positivos ano após ano, podemos considerar a DUCKBILL sucesso solidificado num mercado que não perde o posto nem mesmo em tempos de COVID.

Mais informações:

Site:duckbillcookies.com.br e Instagram

Instagram: @duckbill.oficial da rede para que os conheça melhor.


Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem