Lumine E Terral Se Unem Em Lançamento De Marketplaces De 14 Shoppings De Todo O País

  Lumine E Terral Se Unem Em Lançamento De Marketplaces De 14 Shoppings De Todo O País

Administradoras apostam em estratégia híbrida direcionada a pequenos e médios lojistas


(Divulgação)

Num esforço colaborativo inédito no mercado de shoppings centers, a Lumine Solução em Shopping Centers e a Terral Shopping Centers uniram objetivos, equipes e o interesse em ajudar seus lojistas. As empresas que poderiam se considerar concorrentes prospectam hoje no mercado soluções ideais para desenvolver e implementar marketplaces em shoppings de seu portfólio, estrategicamente localizados em diversos estados brasileiros.

A estratégia começou a ser desenhada nos fóruns de tomada de decisão das companhias, anteriormente à pandemia. Com o período de ‘lockdown’ dos centros comerciais, o que era tendência e desejo de futuro, passou a ser uma necessidade a ser atendida no curto prazo.

Ao todo são catorze shoppings participantes, localizados nas regiões Nordeste, Centro-oeste, Sudeste e Sul do país, nesta primeira fase, cujo lançamento será realizado entre janeiro e fevereiro. “Apostamos muito neste modelo de negócio que cria oportunidade para lojistas de todos os portes, especialmente pequenos e médios, que muitas vezes ainda não tem um ambiente de e-commerce, participarem desta iniciativa digital e ganharem mais um canal de vendas”, comenta Claudio Salum, CEO da Lumine, idealizador da iniciativa.

Ou seja, um dos pontos focais do empreendimento é o lojista que pode tirar o máximo da possibilidade de venda por meio da nova plataforma. A começar pela taxa praticada de 11% sobre o valor total da compra,porcentagem muito abaixo do valor praticado no mercado. Nela, já estão incluídas as remunerações pela gestão do marketplace, operação da plataforma tecnológica, compra de cartão de crédito e antifraude. Para a equipe de vendas, a vantagem está em explorar na plataforma imagens diferenciadas, com descrição dos produtos, quase uma vitrine virtual, que também vai poder se comunicar com os potenciais clientes.

Para viabilizar o projeto foi chamada a consultoria estratégica de inovação com expertise em varejo Deepdive que auxiliou ambas as empresas a encontrar as melhores alternativas existentes no mercado nacional para o desenvolvimento dos marketplaces. “Decidimos por seguir com uma solução tecnológica comum a todos os shoppings, o que possibilitou as melhores sinergias em todos os níveis – desde investimentos até a maximização de recursos humanos e otimização do tempo”, conta Marcio Rehder, Diretor Geral da Terral.

Além da DeepDive, as empresas contam com outra parceira de negócio nesse ecossistema, a Retail Hub, que oferece uma solução tecnológica composta por plataforma de vendas (vtex) e ambiente de gestão dos lojistas/seller center (it4).

Claudio Salum ressalta que não se trata da digitalização da compra no shopping: “trata-se da integração dos ambientes online e off-line na jornada de compra oferecendo vantagens como rapidez na entrega e segurança na compra. O objetivo aqui é promover a convergência entre os ambientes digital e físico dos shoppings, estendendo um atendimento que pode ter início, por exemplo, no marketplace para uma entrega presencial na loja ou no drive-thru localizado no estacionamento”.

Faz sentido ao se analisar pesquisas sobre os hábitos de compra dos brasileiros. No país, as lojas online, que também contam com lojas físicas, cresceram três vezes mais que as puramente virtuais e com relação às retiradas, estudos demonstram que 67% dos consumidores que compram online preferem retirar o produto em lojas físicas.

O projeto conjunto da Lumine e da Terral pretende reunir os demais shoppings de ambas as redes, um total de 40, e há planos de reunir outros empreendimentos de demais redes brasileiras. “O projeto fortalece nossa estratégia digital, proporciona o canal de vendas online para nossos lojistas e consumidores por meio desta parceria inovadora,utilizando ferramentas e soluções confiáveis, amplamente testadas e em constante evolução. Após essa fase inicial de implantação, nossa intenção é gerar a oportunidade para que outros shoppings e empresas do setor possam fazer parte do projeto e usufruir dos benefícios escaláveis da operação”, completa Márcio Rehder.

Shoppings participantes

SP Market São Paulo - SP

Maxi Shopping Jundiai Jundiaí - SP

Buriti Shopping Guará (GUA) Guaratinguetá – sp

Buriti Shopping (BUR) Aparecida de Goiânia – GO

Brasil Park Shopping (BPS) Anápolis – GO

Buriti Shopping Mogi Guaçu (MOG) Mogi Guaçu – SP

Buriti Shopping Rio Verde (BRV) Rio Verde - GO

Shopping Hortolândia (HOR) Hortolândia - SP

Shopping Valinhos (VAL) Valinhos - SP

Boulevard Shopping Camaçari (BSC) Camaçari - BA

Canoas Shopping Center (CSC) Canoas - RS

Cantareira Norte Shopping (CNS) São Paulo - SP

Praça Rio Grande Shopping

Center(PRG) Rio Grande - RS

Shopping Center Iguatemi

Florianópolis (SCIFLA) Florianópolis - SC

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem