Janaína Santucci processar a plataforma de intermediação de locação por ser atacada por cachorro

 

Janaína Santucci

A influenciadora Janaína Santucci decidiu processar a plataforma de intermediação de locação, Airbnb, após ser atacada por um cachorro em um imóvel alugado pela família na Praia do Forte, litoral norte da Bahia, há 15 dias. Ela teve que passar por uma cirurgia às pressas ao ter um pedaço da boca arrancado pelo animal. "Foi horrível, foi um pânico muito grande e eu só lembro dos dentes do cachorro no meu rosto e ver um pedaço da minha boca no chão da piscina. Entrei em pânico e o meu marido correu para me levar ao hospital mais próximo. Era um domingo à tarde e como eu tinha comido e bebido, tive que esperar até a segunda-feira de manhã para operar. Uma dor insuportável", relembra a influenciadora.

Janaína Santucci com ferimento na boca 


Em conversa com a Janaína, ela conta que se recupera em casa da cirurgia e tem tomado todos os cuidados pós-operatório para não ficar com marcas no rosto. Ela revela que seus advogados já entraram em contato com a plataforma. "Eles se prontificaram de ressarcir os danos materiais. Só que nós decidimos também pedir por danos morais e uma indenização por eu estar parada há mais de uma semana. Eu trabalho com imagem, sou uma pessoa pública e não posso alimentar as minhas redes sociais, onde eu ganho dinheiro. Não posso ficar assim por conta da uma irresponsabilidade de um aplicativo não ter informado sobre um cachorro na casa e de também não ter cobrado do proprietário um cuidado maior com relação ao animal", observa.


procuramos a Airbnb, que afirmou não ter sido informado sobre nenhuma ação judicial até o momento e que está em contato com a hóspede e os anfitriões no caso mencionado pela reportagem. "Os Termos de Serviço da plataforma incluem regras sobre a presença de animais potencialmente perigosos em uma acomodação e sobre como mantê-los adequadamente em um local seguro. O Airbnb afirma ainda que oferece seguro para cobrir eventuais incidentes que ocorram nas estadias, e que qualquer usuário - anfitrião ou hóspede- que desrespeite as políticas de uso está sujeito às medidas cabíveis, que podem incluir remoção da plataforma", diz a nota da rede de intermediação de locação.




Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem