Médico esclarece os efeitos positivos das ondas de choque na ortopedia

  

          Foto:divulgação

     Dr. José Eid é formado pela Universidade Sul Fluminense de Medicina – RJCRM SP 43653 TEOT 3151, com especialização em Cirurgia do Joelho pela Santa Casa de São Paulo; Presidente da Sociedade Brasileira de Tratamento por Ondas de Choque – 2001-2003 e 2009-2010; Secretário Geral da ISMST- International Society for Medical Shockwave Treatment - 2015 – 2021; Presidente da ONLAT – Federacion Iberoamericana de Sociedades Associaciones de Ondas de Choque en Medicina – 2015-2017 com especializações em Cirurgia - Ortopedia; Cirurgia do Joelho; Artroscopia, Reconstrução e Artroplastia Total do Joelho. 

   Com a pandemia houve adequações em vários segmentos da saúde e na área de ortopedia não foi diferente. Foi com base nesta perspectiva que eu entrevistei o Ortopedista e Secretário Internacional de Ondas de Choque, Dr. José Eid. Segue abaixo as máquinas de ondas de choque e a entrevista!                 

                      Foto: divulgação     

 

           Foto: divulgação      

Como e onde surgiram os tratamentos a base de ondas de choque? 

   Dr. José Eid - As ondas de choque surgiram na Alemanha, de maneira acidental. Uma empresa alemã situada ao redor de Munique e que produzia aviões, chamada Dornier, criou um laboratório para estudar a deformação da fuselagem dos aviões produzida pelo ar, areia e vento quando em atrito com a fuselagem. 

  - Um engenheiro da empresa alemã recebeu inadvertidamente uma onda de choque durante o teste de deformação da fuselagem, e a partir daí e com o apoio do governo alemão foram realizadas pesquisas para aplicar as ondas na área médica, e a 1ª. Aplicação foi realizada na área de urologia para a desintegração de cálculos renais, conhecida como pedra nos rins. 

O que são as ondas de choque na ortopedia? 

 Dr. José Eid - As ondas de choque podem ser definidas como uma onda mecânica, ou acústica, e tem um efeito de reparação e regeneração dos tecidos lesionados, diferentemente do que se pensava anteriormente, as ondas de choque têm efeito biológico, não se trata de destruir um tecido, mas sim de estimular a reparação e regeneração de tecidos ósseos e de partes moles como tendão e músculos. 

Para que servem as ondas de choque e qual a relevância que possuem? 

  Dr. José Eid - A grande relevância do tratamento é por ser não invasivo, seguro, eficaz e não é considerado doping. Na área de ortopedia e medicina esportiva permite uma reabilitação muitas vezes mais rápida e de forma segura. 

As ondas de choque funcionam como um tratamento paliativo ou principal, no combate de doenças? 

  Dr. José Eid - O efeito das ondas de choque é de regeneração e cicatrização dos tecidos ósseos, tendões e músculos. As ondas de choque estimulam a cicatrização de um tecido danificado, tendo um efeito direto sobre o nosso organismo, portanto tem um efeito principal de regeneração. 

Quais as doenças que são tratadas a partir das ondas de choque e qual a eficácia? 

  Dr. José Eid - Pacientes com patologias crônicas são os que possuem mais benefícios com o tratamento por ondas de choque. Mais comumente tratamos o esporão de calcâneo, a fascite plantar, tendinite do tendão de Aquiles, cotovelo de tenista e calcificações no ombro. Importante salientar que estas doenças tem aprovação do FDA para o tratamento por ondas de choque bem como possui forte evidencia cientifica dentro da medicina. 

   - Dentro da área da Ortopedia, as ondas de choque têm sua principal indicação nas falhas ósseas, como por exemplo, nas fraturas que não evoluíram dentro da normalidade, ou seja, fraturas que não cicatrizaram. 

   - Neste exemplo, as ondas de choque é uma alternativa eficaz a um procedimento cirúrgico, com custo-benefício a favor das ondas de choque comparado à cirurgia convencional. 

Quais têm sido os resultados dos tratamentos a base de ondas de choque na pandemia?

   Dr. José Eid - As ondas de choque são um tratamento eficaz, seguro e com robusta evidência cientifica nos dias atuais. Na grande maioria das vezes podemos realizar o tratamento nos consultórios com aparelhos modernos geradores das ondas de choque, de origem suíça e alemã normalmente. 

  - Alguns pacientes necessitam de realizar o tratamento em ambiente hospitalar, embora a grande maioria dos pacientes possam ser submetidos ao tratamento a nível extra-hospital. 

  - O grande benefício neste momento de pandemia é a segurança do tratamento associado à eficácia, é uma ferramenta importante para o ortopedista, trazendo uma alternativa ao tratamento cirúrgico, o qual necessita internação, anestesia e a própria cirurgia invasiva, evitando inclusive as complicações cirúrgicas eventuais que podem ocorrer e que são inerentes ao próprio procedimento cirúrgico.

 

Instagram@joaocostaooficial 

  

João Costa 

 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem