Você sabia que o Vale do Café, no estado do Rio de Janeiro, é uma região economicamente pulsante?

  Você sabia que o Vale do Café, no estado do Rio de Janeiro, é uma região economicamente pulsante?

(Fazenda das Palmas Café-Divulgação)

Além das vocações turísticas, o Vale do Café tem um forte potencial econômico. Localizada no Vale do Paraíba do Sul Fluminense, a região abençoada pela Mata Atlântica chegou a produzir,no século XIX, 75% do café consumido no mundo garantindo ao Brasil a liderança mundial na produção e exportação de café, a segunda bebida mais consumida no mundo. Com o declínio da monocultura do café, abriu espaço para as agroflorestas na região. Há mais de 20 anos o Vale do Café promove ações de reflorestamento e existem projetos de agroflorestas em diversas fazendas históricas, como a Fazenda das Palmas, a Fazenda Alliança, a Fazenda São Luiz da Boa Sorte e a Fazenda São Fernando. A Fazenda União tem selo de sustentabilidade ambiental.

Com uma imensa capacidade de regeneração, a região se reinventou e prosperou em diversos segmentos nos últimos anos. No Vale do Café, que é considerado o berço da cafeicultura brasileira, é possível encontrar cafés especiais, de qualidade e premiados. Os cafés especiais estão na 3ª onda no Brasil e no mundo inteiro. Os visitantes podem saborear o refinado Coffea Arábica, uma espécie de café natural da Arábia ou da Etiópia e supostamente uma das primeiras espécies de café a ser cultivada no mundo, em diversos varietais como: 

Bourbon,Catuaí, Acaiá, Catucai, Mundo Novo, Acauã Novo, entre outros. Também são produzidos na região cafés da espécie Coffea Canephora, na variedade Robusta. Originário das planícies do leste africano, o café Robusta é utilizado para os produtos solúveis, tem mais cafeína, menos sabor e um aroma mais forte do que do café Arábica. 

Os cafés de genética arcaica são colhidos na mata atlântica secundária, conservados em seus genes originais por mais de cem anos. Para quem opta por uma vida mais saudável, também são fabricados na região cafés orgânicos certificados pela IBD (Associação de Certificação Instituto Biodinâmico), que são produzidos sem a utilização de fertilizantes químicos, como por exemplo agrotóxicos e inseticidas. Entre os produtores de café da região estão: o Hotel Fazenda Florença, o Café Mata Atlântica Turisplan Cafés especiais, a Fazenda Alliança Agroecológica, a Fazenda das Palmas, a Fazenda São Luiz da Boa Sorte, a Fazenda União e o Jardim Ecológico Uaná Etê. Um detalhe tem gerado muita curiosidade no mundo dos cafeicultores brasileiros. Segundo a Emater, o Estado do Rio de Janeiro tem dois mil duzentos e sessenta cafeicultores, sendo que 79% do café é produzido na região noroeste (Varre e Sai,Porciúncula e arredores), 20% é produzido na região serrana (Duas Barra, Bom Jardim e arredores) e somente 1% é produzido na região do Vale do Café. E o Vale do Café, com a menor produção, é que está tendo destaque na qualidade nos concursos de nível nacional.

Hoje a cultura e a natureza exuberante da região emolduram infinitas oportunidades de negócios nos 15 municípios que fazem parte da região. Muitos desconhecem o potencial econômico do Vale do Café. Para quem não sabe, a cidade de Paty do Alferes tem em sua principal vocação o turismo rural e é considerada o berço do cavalo manga-larga. No Vale do Café, são produzidos queijos artesanais, chocolates, doces caseiros, tortas, bolos, pães,palmito, águas minerais e uma enorme variedade de produtos orgânicos. As bebidas artesanais (cervejas especiais, cachaças, kombuchas, gin, licores, chás de esmeralda...) são um dos pontos fortes e um dos maiores atrativos da região. Um dos destaques são as cachaças premiadas internacionalmente e seus alambiques históricos. As bebidas do Vale do Café tem relevância internacional.

Na bacia hidrográfica do maior rio do sudeste brasileiro, há uma grande variedade de peixes da água doce do Paraíba do Sul. Há inúmeras criações de peixes em açudes. A tilápia (peixe egípcio introduzido pelos portugueses) é uma das preferidas da gastronomia regional. Distrito de Barra do Piraí - município localizado no Vale do Café - , Ibiapas, é um dos principais produtores de tilápia do estado do Rio de Janeiro.

Enxergando a importância de promover os negócios consolidados na região e apresentar as oportunidades para empreender e investir nas cidades do Vale, o Vale do Café Convention &Visitors Bureau vai realizar a primeira rodada de negócios virtual do Vale do Café. O evento “Vale do Café Negócios” acontecerá no dia 24 de março e contará com uma área de conteúdos destinada aos associados e parceiros do CVB e uma outra destinada a networking, uma espécie de rodada de negócios com direito à troca de cartões e “pitch” de apresentação. O evento é totalmente voltado para empresários locais, investidores e potenciais empreendedores que desejam conhecer mais sobre a região, que é cheia de oportunidades.

Além do evento, o Vale do Café Convention & Visitors Bureau acabou de lançar o site www.valedocafeturismo.com, que tem as mais diversas informações sobre a região e as inúmeras experiências que ela oferece. O site de turismo faz parte do reposicionamento da região no cenário turístico nacional e internacional.

O evento é dividido em:

- Área de Networking - dedicada à troca de contatos entre participantes do Live Lounge.

- Área de Conteúdos - área de palestras

Temas das palestras: 

- Destination Wedding - Renato Urbinder e Simone Tostes 

- Investindo em Equinocultura - Alexandre Werneck

- A experiência de eventos no Vale – por dentro do Festival Vale do Café - Roberta Kelab

- Negócios de audiovisual, a importância de trabalhar uma comissão integrada do setor - Tatiana Mesquita

- A transformação digital do negócios - Priscila Calegaro

- Cidades inteligentes para o Vale do Café - Francine Ramalho

- O novo cafeicultor do Vale do Café, as oportunidades dos cafés especiais e o case da Fazenda Florença - Paulo Roberto 

- Investir em cultura e ancestralidade no Vale do Café - Beatriz Vidal

- Sítio Legado – A experiência de empreender no ramo alimentar com consciência e responsabilidade - Rosiane Carvalho

- Aprenda a comprar de forma responsável para sua empresa - Antonio Leitão

- Oportunidades e desafios do mercado de excelência no Vale do Café* (A confirmar)

- Empreender no ramo cervejeiro no Vale do Café - Carlos Witte

- O mercado de turismo de aventura e suas oportunidades - Fábio Nascimento

- Empreender no setor agrícola no Vale do Café - Mozart Valle Neto

- Produtos de valor: A importância das búfalas para o Vale do Café - Eduardo Lo´Buono

- Investindo em Turismo de bem-estar no Vale do Café - Helga Ferreira

- Marketing 2.0 - o que você precisa saber para sua empresa alavancar - Cristiano Nogueira

Serviço:

- Dia 24/03, de 11h00 às 19h00.

- Transmissão pela plataforma sympla:

https://www.sympla.com.br/vale-do-cafe-negocios__1138244

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem