Desemprego e Fome: Reflexo da pandemia do novo coronavírus no Brasil

 

Ação Social do Vereador Delegado Palumbo - Foto Divulgação

Desemprego e fome: Brasil atinge índice cruéis na pandemia

Mais de 116,8 milhões de pessoas estão sem ter o que comer.

 

A Pandemia do novo coronavírus trouxe reflexos terríveis para o País, o desemprego e a fome.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil atingiu uma taxa média de 13,5% de desempregados.

O número que assusta também é o número de cidadãos sem ter o que comer. De acordo, com levantamento realizado em dezembro de 2020 pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), 116,8 milhões de pessoas estão em situação de insegurança alimentar ou passando fome no Brasil.

Segundo o Vereador Delegado Palumbo (MDB), a situação piora quando a cesta básica teve um aumento de 29%. Os dados da Fundação de Proteção e Defesa do consumidor (Procon), revelam que o custo médio é de R$1.014,63.  “Como o povo consegue sobreviver? Estamos diante de uma pandemia, o cidadão não pode trabalhar e consequentemente passa fome. Só uma força tarefa para conseguir minimizar o sofrimento dessas pessoas,” diz Palumbo.

Diante do cenário caótico, o vereador promove trabalhos para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade social. Com a denominada “Ação entre Amigos”, mais de 6 toneladas de alimentos foram distribuídas em diversas comunidades de São Paulo.

“Agradeço ao Delegado Palumbo e amigos que proporcionaram para nós estas cestas básicas.  Por causa da pandemia, aumentou muito o número de pessoas que estão buscando ajuda”, destaca o Padre Maicon da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, que auxilia na distribuição dos alimentos para quem precisa.

Ação entre amigos é uma iniciativa sem prazo de validade destaca o vereador, que a cada dia aumenta a rede de apoiadores para amparar famílias em São Paulo.

“Não podemos deixar que a fome se alastre. Essa realidade  só conseguimos mudar com empatia e unindo forças ”,  afirma o Vereador Delegado Palumbo um dos parlamentares  mais votados da capital paulista.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem