O bardo das noites de Belo Horizonte

   O bardo das noites de Belo Horizonte  

O cantor e compositor Wellisdarlem é presença constante na cena musical mineira. Suas canções engajadas e de cunho pessoal têm chamado cada vez mais atenção

(Divulgação)

Já com uma experiência de 25 anos de carreira, Wellisdarlem é um veterano das noites mineiras. Presença constante dos festivais de música e casas de shows em Belo Horizonte, com destaque às atuações na região da Pampulha.

Antes restrito aos círculos musicais underground da cidade, o cantor, compositor e produtor cultural tem encontrado um público mais amplo nas redes sociais.

Com violão na mão e gaita em riste, Wellisdarlem surge como o bardo de sua pequena cena musical. Suas composições são bem versáteis, embora trabalhadas sempre na intimidade acústica. “Acredito que hoje ter uma obra com vasto repertório autoral é minha maior conquista e orgulho”, lembra Wellisdarlem sobre sua trajetória como compositor.

Ele tem disponibilizado algumas de suas composições em seu canal no YouTube, chamado de Wellisdarlem Oficial. Suas canções são definidas por um tom intimista que reflete suas inquietações, angústias e alegrias. É como se vertesse à música sua história pessoal. 

Composições como “Balada Sangrenta” e “Tudo que tenho é tudo que sou” misturam esse intimismo com certa crítica engajada. Já “Baby Blues” reflete sobre a tentativa de encontrar um sentido na vida. Também é familiar com composições amorosas como “Paz e Amor” e “Perto e Junto”.

Seu maior sucesso é a canção “Paris”, uma balada romântica. Essa composição já acumula mais de 15 mil visualizações no YouTube. Também tem sido um dos carros chefes nos shows de Wellisdarlem.

Seu estilo é bem próximo do folk acústico. Mas Wellisdarlem coleciona uma diversidade de influências. Menciona Zé Ramalho, Pink Floyd, Clube da Esquina, Renato Russo e Humberto Gessinger como inspirações. Também destaca a influência do teatro e da literatura em sua realização como artista.

“Obter o reconhecimento da minha arte e assim fazê-la meu ofício”, relata Wellisdarlem sobre seus objetivos. Afinal, já são décadas de luta em meio aos espaços culturais mineiros.

Assim, Wellisdarlem não é estranho às redes sociais. Já mencionamos seu canal no YouTube que é o principal veículo de reprodução de suas composições. Mas ele também marca presença no Instagram, com sua conta @wellisdarlem, e no Facebook onde divulga seus shows. 

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem